EconomiaNotícia

Banco Central do Egito suspende lista de inadimplentes

Instituição anunciou que oito mil empresas e 100 mil pessoas serão retiradas do cadastro negativo para enfrentamento da pandemia da covid-19.

O Banco Central do Egito (BCE) anunciou nesta terça-feira (07) a retirada de oito mil empresas e de 100 mil pessoas físicas da lista de inadimplentes. Segundo notícia publicada no site do jornal Al Ahram, também foram suspensas restrições de transações com o sistema bancário a clientes regulares que não pagam seus financiamentos no prazo.

O objetivo é ajudar a população e as empresas a enfrentarem a pandemia da covid-19, que está afetando as economias dos países mundo afora. Segundo o BCE, as medidas estão alinhadas com os procedimentos do governo, visando manter fábricas e empresas operacionais para garantir a continuidade do processo produtivo e o crescimento.

As medidas incluem ainda o alívio de encargos para clientes, especialmente os irregulares, durante o surto da covid-19. O BCE informou que não hesitará em adotar ações que apoiem a economia nacional, aumentem a confiança no sistema bancário e permitam o andamento do programa de reformas econômicas do país, diante do atual desafio externo e interno.

Artigos relacionados

Verifique também

Close
Close