Notícia

Egito inaugura mega mesquita e catedral

Edifícios foram construídos na nova capital administrativa do país. Presidente Abdel Fattah El-Sisi disse que muçulmanos e cristãos egípcios são um só povo.

Palestinian Presidency/Handout/Anadolu Agency/AFP

El-Sisi (6º da dir. p/ esq.) e Abbas (5º da dir. p/ esq.) rezam na inauguração da mesquita

Cairo – O Egito inaugurou neste domingo (06) dois grandes empreendimentos religiosos, a mesquita Al-Fattah Al-Alim e a catedral Natividade de Cristo (foto acima). As duas obras foram inauguradas pelo presidente egípcio, Abdel Fattah El-Sisi, na nova capital administrativa do país, próxima ao Cairo. A Igreja Ortodoxa Copta, principal denominação cristã do Egito, comemora o Natal nesta segunda-feira (07), pois segue o calendário juliano.

Segundo informações do site do jornal egípcio Al-Ahram, a mesquita é a maior do país e tem capacidade para abrigar mais de 17 mil fiéis. É também uma das maiores do Oriente Médio. Já a catedral é a maior da região e pode receber 8,2 mil pessoas. Na ocasião, El-Sisi destacou que os muçulmanos e cristãos do Egito são um só povo.

Mohamed El-Shahed/AFP

Papa Tawadros II (esq.) cumprimenta o presidente egípcio

As comemorações contaram com a participação do xeque da mesquita de Al-Azhar, Ahmed El-Tayyeb, principal autoridade muçulmana do país, do Papa Tawadros II, patriarca da Igreja Ortodoxa Copta, e do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas.

De acordo com o Al-Ahram, os cristãos representam de 10% a 15% da população de 104 milhões de pessoas do Egito.

 

Informações retiradas da ANBA.

Artigos relacionados

Verifique também

Close
Close