Uncategorized

Egito muda mecanismo de saque para investidor estrangeiro

Sai de vigor no dia 4 de dezembro permissão para que estrangeiros retirem em dólares seus investimentos em títulos públicos e bolsas no país árabe. Ação deve dar mais volatilidade à libra egípcia.

 

São Paulo – O Egito tirará de vigor na próxima terça-feira (4) um mecanismo que garante que investidores estrangeiros que vendem títulos egípcios podem sacar seu dinheiro e repatriar seus ganhos em dólares. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (28) pelo Banco Central do Egito, segundo notícia publicada em sites locais e internacionais.

A medida estava em vigor desde março de 2013 e a mudança deve dar mais volatilidade para a libra egípcia. A decisão abrange os novos investimentos estrangeiros em títulos do tesouro egípcio em moeda local e ações listadas na bolsa de valores do Egito.

O fim da possibilidade de saque em dólares entra em vigor após o fechamento do mercado na terça-feira, mas quem fizer investimentos até esta data poderá realizar a retirada em moeda norte-americana a qualquer momento. “O perfil de risco do Egito melhorou e sua estabilidade financeira ganhou força”, disse o Banco Central em um comunicado.

O mecanismo foi muito utilizado por investidores estrangeiros no início da liberalização do câmbio no país árabe para garantir liquidez, segundo o BC. O Egito colocou sua moeda para flutuar em novembro de 2016, como parte de série de reformas implementadas a partir de um acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI). “Dois anos depois, esse regime levou à eliminação bem-sucedida de toda escassez de câmbio que anteriormente interrompeu a atividade econômica”, disse o BC.

O ministro das Finanças do Egito, Mohamed Mait, disse à Bloomberg que o Egito não buscará financiamento adicional do Fundo Monetário Internacional (FMI) quando o acordo de empréstimo em curso com o fundo terminar no próximo ano. O acordo com o organismo foi feito há dois anos e prevê empréstimos de US$ 12 bilhões em um período de três anos. Em contrapartida, o Egito está implementando uma série de reformas na economia, como redução de subsídios à energia, criação de impostos e a flutuação da moeda.

Artigos relacionados

Verifique também

Close
Close