EconomiaInvestimentoNotícia

Egito vai abrir capital do Banco do Cairo

Instituição financeira deve ter uma oferta pública inicial na Bolsa de Valores do Egito no primeiro semestre deste ano. País têm planos de colocar várias estatais no mercado de ações.

O Banque du Caire (Banco do Cairo) deve ter seu capital oferecido na Bolsa de Valores do Egito no primeiro semestre deste ano, segundo notícia publicada nesta terça-feira (4) no site do jornal Al Ahram.  As informações foram dadas pelo presidente do Banque Misr, Mohamed Eletreby, durante evento nesta semana.

O Misr é um banco de capital estatal e é quem vai vender até 45% da sua participação do Banque du Caire. Será feita uma oferta pública inicial (IPO), abertura de capital da instituição financeira. Havia promessa de IPO do Banque du Caire em 2008, mas ela foi cancelada e adiada em vários momentos nos últimos anos.

Em agosto de 2019, porém, o presidente e CEO do Banco do Cairo, Tarek Fayed, disse que a instituição financeira esperava vender participação minoritária no início de 2020. Há expectativa de que haja participação estrangeira no banco com a iniciativa. Está ocorrendo um roadshow nos Estados Unidos para promover o IPO.

O Egito tem planos de abrir o capital de várias das suas empresas estatais. No começo deste ano, o ministro do Setor de Negócios Públicos do país, Hisham Tawfik, deu uma entrevista ao Ahram Online sobre o tema e disse que o país espera o momento adequado do mercado para fazer os IPOs das empresas.

Em 2019 a Eastern Tobacco Company teve oferta na bolsa de valores e há promessa de que neste ano mais empresas, de áreas como fertilizantes, logística e imobiliária, passem a ser negociadas. Segundo Tawfic, o setor público egípcio tem recursos e ativos significativos não otimizados. Algumas estatais têm dívidas que devem ser quitadas.

Informações retiradas do site da ANBA.

Artigos relacionados

Close